Para que o leite materno cumpra esse papel, a mãe precisa seguir uma alimentação saudável, repleta de minerais e vitaminas que ajudam na produção do leite materno.

A amamentação é muito importante para o desenvolvimento saudável do bebê, sendo obrigatoriamente a única fonte de alimento dele até os seis meses.
Para que o leite materno cumpra esse papel, a mãe precisa seguir uma alimentação saudável, repleta de minerais e vitaminas que ajudam na produção do leite materno.
Além disso, no período do pós-parto as mulheres encaram maiores dificuldades em conseguir se manter adequadamente nutridas por conta das múltiplas alterações corporais.

Quer receber nossas novidades em seu e-mail? Cadastre em nossa lista de Lavitaminados.

Mas você sabe quais as principais vitaminas para esse momento da vida da mulher? Se sim, sabe como consegui-las?
Hoje, vamos te contar tudo sobre a suplementação durante a amamentação e como você pode usá-la a seu favor 😉.

Como recuperar massa óssea na amamentação? 

Durante a amamentação, a necessidade de cálcio pelo corpo da mulher aumenta muito. Isso porque além de essencial para o desenvolvimento do bebê, os ossos da mulher estão mais debilitados por conta da baixa produção de estrogênio (hormônio que protege os ossos).
Para que a perda de massa óssea seja evitada, é indicado que as mulheres intensifiquem o consumo de cálcio e também de vitamina D, pois ela ajuda na absorção do cálcio.

Ácido fólico ajuda no desenvolvimento do bebê

O ácido fólico é uma vitamina do complexo B importantíssima para o desenvolvimento neural do bebê.
Indica-se suplementação com essa substância durante a gestação mas também ao longo dos seis primeiros meses amamentando.
Mesmo fora do útero, o desenvolvimento do cérebro do bebê continua em atividade, havendo necessidade da presença contínua dessa vitamina.

A importância do Ferro e da vitamina C na amamentação

Recomenda-se um aumento calórico na dieta das mamães durante a amamentação, pois amamentar gasta muita energia da mulher.
Pensando nisso, o ideal é que o consumo de Ferro seja intensificado, para que as mães tenham mais energia e disposição.
No entanto, assim como a vitamina D auxilia na absorção de Cálcio, no caso do Ferro quem realiza esse papel é a vitamina C.
Além de auxiliar, essa importante vitamina pode reforçar a imunidade da mulher e, consequentemente, do bebê.

Posso fazer suplementação na amamentação?  

Na maior parte dos casos, pode e deve!
No entanto, como os organismos e as realidades das lactantes são diferentes, é preciso que haja prévia orientação médica.
Somente o especialista que acompanha sua experiência com a maternidade poderá definir se você realmente precisa de suplementação e, se sim, de qual vitamina.
Vale lembrar que a amamentação é de grande importância para a mulher e para o bebê, sendo preciso redobrar cuidados nesse momento. 

Até a próxima semana, mamães #Lavitaminadas!