Apesar de muita gente duvidar da existência da TPM (Tensão Pré-Menstrual), a ciência já comprovou que esse problema realmente existe e afeta a maioria das mulheres em idade fértil.
Mas, apesar da conformidade, você precisa saber que é possível minimizar os mais de 150 sintomas desse período que deixa as mulheres de cabelo em pé!
Entenda como isso é possível:

Quer receber nossas novidades em seu e-mail? Cadastre em nossa lista de Lavitaminados.

Sem preguiça

Apesar de a TPM gerar indisposição, durante esses dias é importante manter-se ativa. Sabe por que?!
A produção de endorfina que as atividades físicas proporcionam ajuda a manter a mente, literalmente, mais feliz. Além disso, melhoram o funcionamento do intestino e da circulação.
Mas, pegue leve! Se as atividades forem muito intensas, podem intensificar os sintomas, aumentando a irritabilidade e o cansaço.

Seja amiga da boa comida

Se alimentar bem é remédio para muita coisa, e para a tensão pré-menstrual não seria diferente. Durante os dias que antecedem a menstruação, procure se alimentar de forma consciente.
Legumes, verduras (principalmente as verdes escuras, que podem aliviar as cólicas), fibras e proteínas ajudam a estabilizar o organismo e até reduzem sintomas.
O consumo de água será o responsável por reduzir inchaços, e será um grande aliado nesse aspecto. Não se preocupe, está permitido comer uma ou outra guloseima, mas sem fugir do controle!

Conte para seu ginecologista

Na luta contra a TPM, o ginecologista deve ser quase como um diário. Conte para ele o que sente, como sente e quando sente.
Dessa forma, ele vai conseguir identificar qual o melhor tratamento para você e quais as práticas que podem melhorar sua qualidade de vida.
Também é importante estar em dia com os exames, pois eles podem identificar desníveis hormonais, que afetam diretamente seu bem-estar durante esses dias.

Conheça a Prímula

Extraído das sementes da planta, o óleo de Prímula oferece uma diversa quantidade de benefícios para as mulheres que sofrem com a TPM.
Ele reduz a cólica, os inchaços, e até mesmo os sintomas da menopausa. Comumente comercializado em cápsulas, tem tudo para ser a opção perfeita para todas as mulheres que sofrem com as mudanças hormonais.

Gostou das dicas?
Continue nos acompanhando para conferir as novidades que vêm por aí 😉